Boletim Setembro de 2016


 

Prezados colaboradores e cuidadores, saúde e paz!

 

No finalzinho do mês de setembro acolhemos mais duas crianças e completamos nossa capacidade novamente, ou seja, 20 crianças. Estamos muito felizes por termos condições de acolher todas estas crianças, mas sabemos que os motivos que as levaram até nós são muito tristes. Parece que este é um problema que não acaba nunca. A cada dia que passa, surgem novos problemas na base familiar que faz com que a necessidade de acolhimento institucional seja uma demanda crescente. Totalmente contrário ao desenvolvimento tecnológico, sociológico e educacional. Creio eu que este é um problema causado pelo afastamento de Deus e de seus princípios por parte da sociedade atual, embora a cada dia aumente ainda mais o número de religiões no mundo. Estou falando de princípios básicos como: busque a Deus em primeiro lugar e todas as coisas vos serão acrescentadas, ame o próximo como a ti mesmo, faça aos outros aquilo você gostaria que eles fizessem a você, etc.

Neste mês de setembro, fechamos no vermelho pela primeira vez em nossa história que já dura oito anos. A greve dos bancos, o alto índice de desemprego e a nossa situação política atual provavelmente contribuíram para isto. Mas, eu creio que não seja somente isto. Creio que alguns colaboradores estejam se esquecendo de efetuar o recolhimento de suas contribuições através dos carnês ou de fazer os seus depósitos.

Damos graças a Deus, pois, as crianças ainda não foram atingidas por esta crise, mas se continuar assim elas logo começarão a sentir as consequências também. Nós sabemos que todo trabalhador é digno do seu salário, sabemos que para exercer seu ministério qualquer instituição tem que estar em dia com suas obrigações sociais, etc. Então, se você conhece alguém que poderia contribuir, mas ainda não o faz, encoraje-o, incentive-o por favor porque nós precisamos muito de sua ajuda neste sentido também.

Agradecemos a todos que têm contribuído, esforçando-se muito para nos ajudar. Você merece nosso respeito e gratidão e nós agradecemos muito a Deus em orações por você. Não podemos desanimar porque no tempo certo ceifaremos se não houvermos desfalecido. Gl. 6.9.

O mês de outubro é o mês das crianças. Agradecemos muito a Deus porque já temos a igreja em Peixinhos se organizando e vários outros grupos também para levar muita  alegria às crianças acolhidas por nós. Elas precisam mesmo deste carinho, deste afago.

Que o Senhor nos abençoe para que possamos completar Sua obra até o dia que Ele voltar para nos levar com Ele em glória para sempre.

Maciel Vieira – Diretor Executivo